segunda-feira, 10 de abril de 2017

Resenha:A Garota Perfeita


Livro:A Garota Perfeita
Autora:Mary Kubica
Editora:Planeta
Páginas:336
Tradução:Fal Azevedo


Sinopse

Mia, uma professora de arte de 25 anos, é filha do proeminente juiz James Dennett de Chicago. Quando ela resolve passar a noite com o desconhecido Colin Thatcher, após levar mais um bolo do seu namorado, uma sucessão de fatos transformam completamente sua vida.
Colin, o homem que conhece num bar, a sequestra e a confina numa isolada cabana, em meio a uma gelada fazenda em Minnesota. Mas, curiosamente, não manda nenhum pedido de resgate à familia da garota. O obstinado detetive Gabe Hoffman é convocado para tocar as investigações sobre o paradeiro de Mia. Encontrá-la vira a sua obsessão e ele não mede esforços para isso.
Quando a encontra, porém, a professora esté em choque e não consegue se lembrar de nada, nem como foi parar no seu gélido cativeiro, nem porque foi sequestrada ou mesmo quem foi o mandante. Conseguirá ela recobrar a memória e denunciar o verdadeiro vilão desta história?




Ei gente!Tudo bom com vocês?Começando a semana em grande estilo,com direito a um thriller!E o escolhido da vez é A Garota Perfeita,da autora Mary Kubica.
Muitos comparam esse livro com Garota Exemplar.Em certas partes lembra sim,mas prefiro não comparar um com o outro,cada um tem suas características.
Temos a história de Mia,uma garota independente que não tem o melhor dos relacionamentos com o seus pais.
Um dia ela etá esperando seu namorado no bar.Ao perceber que ele não vai aparecer,ela começa a ficar reflexiva e irritada,até que surge um rapaz misterioso que vai mexer com a sua vida.
Começa aí o pesadelo da Mia e de sua família
Algum tempo depois,ela reaparece,mas não lembra de nada sobre o que aconteceu e nem quem ela é.
Muitos segredos estão envolvidos,planos,intrigas.....o que será que aconteceu pra mudar a vida da nossa protagonista de pernas pro ar?



Então galera,vamos começar com algumas informações.O livro é intercalado entre passado e presente,com pontos de vistas de Eve,mãe da nossa protagonista,Gabe,detetive contratado para descobrir o parado de Mia e Colin,o sequestrador.
Essa forma de narrativa pode soar confusa em alguns momentos,principalmente se você demora a ler (porque quando se retoma a leitura tem que lembrar do que aconteceu lá no capítulo do passado ou do presente,é meio confuso kkkkkkkk).No caso dessa história,achei necessário ser dessa forma pra que o leitor possa juntar todas as peças desse louco quebra cabeça.
Vamos descobrindo e entendendo mais sobre o relacionamento da Mia com os pais,com os homens e consigo mesma.Particularmente esse tipo de narrativa foi o ponto positivo dessa leitura,foi essencial pra construção de toda a história e o desenrolar dos acontecimentos,gostei muito!
Não se enganem,tudo tem um motivo nessa história,nenhuma atitude é por acaso.
Nessas intercaladas de passado e presente,vamos construindo a personalidade dos personagens e descobrindo o porquê das coisas.
Achei sensacional a forma como a autora explorou o emocional a todo o momento,das minimas partes até as mais complexas.
Com relação aos personagens,tive uma relação bem conflituosa.Nossa personagem principal tem tendências a artes e não se apega a nenhum relacionamento,prefere conviver consigo mesma.Ela é forte em muitos momentos,mas bem inconsequente em outros (mas admiro a coragem dela)
A mãe da Mia é um personagem completamente omisso e submissa ao marido.Ela precisa ter a filha sequestrada pra começar a se questionar o rumo que sua vida tomou e quem ela havia se tornado.Xinguei demais ela,vocês não tem ideia!Vontade de sacudir ela pra ver se tomava uma atitude.
O pai da Mia é um juiz estilo linha dura,que não admite ser contrariado e que gosta de estar no comando da situação.Extremamente frio e insensível em muitos momentos,assim como a irmã da Mia,que é praticamente uma cópia do pai.
Colin,,,,ele é o mais complexo entre todos os personagens,com um passado complicado,sofrido e que luta da forma que pode para se manter.
Gente vocês sabem que leio muitos livros desse estilo,então costumo ser bem crítico quando pego algum livro desses pra ler.
A escrita da Mary é envolvente de uma forma muito puxada para o lado emocional.Isso acaba deixando o ritmo da história mais lento em algumas partes,o que pode ser um problema,mas pra mim não foi.
Outro detalhe,que na minha visão foi o mais grave:previsibilidade.
Não sei se é por ler tantos thrillers,mas eu cismei com um personagem,sabia que alguma coisa não fazia sentido,não era tão simples assim e eu estava certo kkkkkkkkk
É um final coerente,sem pontas soltas,é verdade,mas acho que podia ter mais emoção,deixar o leitor mais na expectativa,confuso,quebrando a cabeça.Não fiquei surpreso,preciso admitir,mas amei muito o final que a autora deu pra um personagem que simplesmente não suportei (leiam pra descobrir hahahahahahaha)
No geral,é um suspense interessante,com doses de emoção,envolvimento,com problemas de ritmo,mas que consegue deixar o leitor vidrado e na expectativa de saber o que aconteceu com a Mia.
Recomendo pra quem gostou de Garota Exemplar e pra quem está se aventurando nesse estilo agora,vai ser um excelente início nesse mundo dos thrillers.
Foi previsível pra mim,mas não foi por isso que a leitura não foi boa,acreditem.Podem dar uma oportunidade,vai ser uma leitura bem interessante e surpreendente pra algumas pessoas :)



"Ela é minha filha,mas não é.Ela é Mia,porém não é.Parece-se com ela,mas essa moça usa meias e bebe café,e acorda chorando no meio da noite...."



"...e quando sua mão toca a minha,não recuo,porque sei de uma coisa:essa garota pode mudar mina vida."



"Você encontra a minha filha e a traz para casa.Com vida.Só se certifique de investigar direito,porque há mais sobre Mia do que parece."



"Conheço a sensação de ser observado por olhos desdenhosos,que olham sem realmente enxergar algo.Conheço o som do desprezo em uma voz.Sei como a traição e a decepção doem,quando alguém que pode lhe dar o mundo recusa até mesmo uma minúscula parte dele.Talvez não sejamos tão diferentes no final das contas."




Então gente,gostaram da resenha?Espero que tenham gostado e eu tenha conseguido transmitir um pouco do meu sentimento com essa leitura.
Foi bem tranquilo,li relativamente rápido e foi uma leitura ok,mas nada de espetacular.Quero ler outras histórias da autora,porque vejo que ela tem potencial pra explorar mais no suspense,vamos ficar no aguardo de outros livros dela.
Pessoal por hoje é só,não deixem de comentar o que acharam do livro,se leram,se querem ler,se valeu a pena....deixem as opiniões hahhaahhahahahaha
Vou indo então,nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço!

8 comentários:

  1. Oi, Cláudio!
    Eu olho pro livro e pra sinopse, mas não bate aqueeeeela vontade sabe? Mas que bom que, apesar da previsibilidade, a leitura foi boa.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza!
      hahhaahhahahaa sei bem como é isso!
      No final das contas foi uma leitura interessante.
      Beijos!

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Já li um livro que mesclava presente e passado, e achei confuso no início, mas depois percebi que era necessário para a estória, então dá para compreender, rs. Parece ser um ótimo livro, fiquei com vontade de ler!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa!Tudo joia e você?
      No início acaba sendo confuso,mas aos poucos a gente acaba se acostumando kkkkkkkkkkk
      Me diz depois se gostou!
      Beijos!

      Excluir
  3. Oláááá Cláudio
    Siiiiiiim eu quero muito ler *__*
    Essa pegada thriller psicológico, com três pontos de vista, construindo a personalidade da protagonista como em um quebra cabeças, onde tudo está lá por um motivo, e apresentando a narrativa em dois tempos deve ser beeeeeeem bacanudo!
    Preciso ler loguinho pra saber tudinho!
    Amei a resenha, instigou e não deu spoilers(malvado)
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luli!
      Thrilles psicológicos são sempre muito bem vindos,adoro!
      A autora conseguiu fazer uma narrativa bem bacana,deixando o leitor intrigado e grudado em cada página pra saber o que aconteceu.
      Depois me conta se curtiu a leitura!
      Não dou spoilers mesmo hahahaahhaahaha
      Beijos!

      Excluir
  4. Ooi Cláudio, tudo bom??
    Adorei a resenha, estou lendo muitos thrillers e suspense ultimamente \o
    AMO livros que intercalam os pontos de vista e ainda misturam a linha temporal,
    Preciso desse livro!
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mandy!Tudo ótimo querida e você?
      Que bom que gostou!Livros de thriller e suspense são viciantes hahahahahahaaha
      Me recomenda alguns depois.
      Gosto bastante também,força um pouco mais de atenção da gente,mas acho que se o autor souber trabalhar bem,vale a pena :)
      Beijos!

      Excluir